Рейтинг бесплатных cms.
Шаблоны joomla 3 скачать бесплатно.

Municipio

Movimento dos trabalhadores sem terra paralizam o pedágio de Arapongas por 4 horas.

O MST - Movimento dos trabalhadores sem terra, protestaram no pedágio de Arapongas, paralizando o transito e provocando grande transtorno a todos que tentavam passar pelo local.

A filial da Havan, em Arapongas, arrecadou R$ 24 mil durante a Campanha Troco Solidário no segundo semestre de 2017, beneficiando a Casa de Apoio Madre Teresa. O cheque simbólico foi entregue à presidente da instituição, Marcilene Antonia Borsoi, no início deste mês.

Segundo Marcilene, a doação é muito bem-vinda. “O valor que recebemos será utilizado na aquisição de fraldas geriátricas, medicamentos e suplementos alimentares.”

No segundo semestre de 2017, as 86 cidades que participaram da campanha Troco Solidário da Havan contribuíram com a melhoria e o andamento das várias instituições beneficiadas. Ao todo, as 106 filiais da mais completa loja de departamentos do Brasil arrecadaram mais de R$ 2,4 milhões no segundo semestre de 2017 em benefício das entidades dos municípios participantes.

O diretor-presidente da rede, Luciano Hang, afirma que o trabalho em equipe da Havan colabora com as entidades nos 15 estados brasileiros em que a mais completa loja de departamentos do Brasil tem unidades. “A campanha é uma forma da empresa, seus colaboradores e clientes retribuírem às entidades e aos seus voluntários, pelo trabalho realizado nas comunidades. É com muito prazer que entregamos estes valores para as instituições. O Troco Solidário é um trabalho de quatro mãos, em que os colaboradores conscientizam os clientes sobre a importância desta doação, que tem o objetivo de auxiliar as instituições onde a Havan tem lojas. De pouco em pouco é que se consegue muito para ajudar quem faz bastante”, finaliza.

Como inscrever instituições na campanha

Deseja participar da ação? O cadastro é bem simples. Basta procurar o gerente da filial de sua cidade (se for mais de uma loja no município vá a apenas uma filial) e cadastre-se na campanha. A instituição passa por uma avaliação. É necessário que a entidade tenha CNPJ próprio, conta bancária em nome da entidade, estatuto social, além de idoneidade.

A partir do cadastro aprovado, o Troco Solidário passa a ser um convite, realizado por parte do operador de caixa da Havan, a doar centavos do troco das compras dos clientes para a campanha. O valor doado é contabilizado no sistema e a pessoa recebe um comprovante de participação, informando qual entidade está ajudando. A doação é feita a cada seis meses e a cada edição contempla uma entidade diferente.

Iniciado o recapeamento da Avenida Arapongas

A Prefeitura Municipal de Arapongas, através da Secretarias de Obras, iniciou nesta quarta-feira(31), o recapeamento asfáltico da Avenida Arapongas, com investimento na ordem de R$ 745.000,00

De acordo com o vice-prefeito e secretário de Obras, Jair Milani, tal investimento faz parte de um pacote de obras lançado recentemente pela Prefeitura de Arapongas, e conta com a parceria do Governo Federal, através do Ministério das Cidades.

“Damos início a esta importante obra, que vai recuperar um trecho considerável da Avenida Arapongas. Vale ressaltar que o benefício é resultado de uma emenda parlamentar do deputado federal, Osmar Serraglio.”, afirma Milani.

O Prefeito Sergio Onofre também comentou sobre o inicio de tal obra, além de outras que vão beneficiar os araponguenses.

CIDADE DE ARAPONGAS-PR

O município de Arapongas, situado na prodigiosa região do Norte do Paraná, é uma resultante da Iniciativa da Companhia de Terras Norte do Paraná, pioneira do progresso e desbravamento de toda uma região. A cidade de Arapongas como as demais idealizadas, planejadas e fundadas pela requerida companhia, não surgiu por acaso, nem foi construída sem um plano diretor, previamente elaborado. Seu idealizador e fundador foi William da Fonseca Brabason Davids, diretor da Companhia de Terras Norte do Paraná, que na época da fundação de Arapongas, exercia o cargo de Prefeito Municipal de Londrina. No ano de 1935, o comerciante francês Renê Cellot e sua filha Geanine Cellot compraram os primeiros lotes de terrenos, destinados à construção urbana. Assim em 28 de setembro de 1935, Renê Cellot e sua filha se estabeleceram com uma casa comercial no mesmo local onde ainda hoje se encontra o prédio do Banco Brasileiro de Descontos, Rua das Andorinhas esq. com Av. Arapongas, antiga Av. Presidente Vargas. No mesmo ano foi aberto e vendido o primeiro lote agrícola ao agricultor brasileiro Floriano Freire. Imediatamente, diversos outros lavradores, de diferentes nacionalidades, fixaram residência no lugar e se estabeleciam com casas de comércio.

Nos anos seguintes foram povoadas as glebas destinadas às Colônias formadas por imigrantes japoneses e eslavos, surgindo, assim, em 1937, as Colônias Esperança e Orle já povoadas, que muito contribuiram para o progresso e expansão do novo patrimônio Arapongas continuou a fazer parte do território do município de Londrina até o ano de 1943, quando foi criado o de Rolândia, ao qual passou a pertencer, já agora como distrito judiciário, criado pela Lei nº 199 de 30 de dezembro de 1943, que aprovou a nova divisão administrativa do Paraná, para vigorar no quinquênio 1943-1947. Devido a falta de transportes, o distrito crescia vagarosamente, esse problema ainda mais se agravou em decorrência das restrições motivadas pela segunda grande guerra. Nessas condições, até o ano de 1945, a sede distrital possuia umas 600 casas e era servida pela então Estrada de Ferro São Paulo-Paraná, que logo depois foi incorporado, passando a integrar o patrimônio da Rede de Viação Paraná - Santa Catarina. Não obstante, o povo de Arapongas continuou a lutar bravamente pelo seu progresso e bem-estar, chegando a constituir uma entidade com a designação da Sociedade dos Amigos de Arapongas, para pugnar pela sua autonomia, progresso e desenvolvimento. E foi assim que, em virtude desses esforços, o Governo Estadual, pela lei nº 2 de 10 de outubro de 1947, criava o município de Arapongas desmembrando-o de Rolândia e elevando a sua sede à categoria de cidade. Aquela época, o município possuia uma área total de 2007 quilômetros quadrados e se compunha dos distritos administrativos da sede municipal, Astorga e Sabáudia.

Poucos dias após a publicação da Lei nº 2 de 10 de outubro de 1947, foi empossado no cargo de Prefeito interino o Sr. José Simonetti que permaneceu até a posse do primeiro prefeito eleito, o Dr. Julio Junqueira, em 09 de novembro de 1947, por uma coligação de partidos da oposição. A posse do Dr. Julio Junqueira realizou-se trinta dias após a eleição.

O primeiro prefeito enfrentou vários problemas políticos, tendo, inclusive cassado o seu mandato, de que se livrou através de uma hábil manobra política. Em 16 de janeiro de 1948 foi instalada a comarca, criada pouco antes, na categoria de primeira entrância, sendo que dois anos depois foi elevada diretamente à categoria de terceira entrância. O primeiro Juiz de Direito foi o Dr. Ismael Dorneles de Freitas, e o primeiro promotor Público foi o Dr. Marcolino Leite de Paula e Silva. Em 22 de julho de 1951 foi eleito Prefeito Municipal o Sr. João Cernichiaro, que como seu antecessor lutou com graves problemas de ordem política. Mesmo assim, Arapongas continuou progredindo. Nesse período foi iniciado o calçamento dos logradouros da cidade; construído o conjunto do Paço Municipal; abertas diversas rodovias e criadas numerosas escola municipais. Por duas vezes teve João Cernichiaro decretada a cassação do seu madato, e por duas vezes dois Presidentes da Câmara Municipal tentaram assumir as funções do Prefeito Municipal, somente não o conseguindo devido à intrepidez e à bravura do Prefeito que resistiu até pela fôrça às manobras de Câmara Municipal. Finalmente, recorrendo à instância superior. João Cernichiáro, teve ganho de causa, continuando no poder até o fim do seu mandato. Em 1952 Arapongas perdeu o território do distrito de Astorga, que foi desmembrado e transformado em município autônomo. A medida posta em prática pelo Governo do Estado não teve boa repercussão, tanto assim que dos vinte vereadores com assento na Câmara Municipal, cinco renunciaram ao seu mandato, em sinal de protesto. Em 1954 novo desmembramento sofreu o município de Arapongas, com a criação do município de Sabáudia, território do antigo distrito do mesmo nome. Com mais essa perda, a comuna reduzida à área do distrito e sede municipal. Arapongas nos últimos anos (1959) sofreu grande impulso por parte dos administradores e a cidade, principalmente, tem progredido extraordinariamente, colocada entre os maiores e mais importantes centros urbanos do Norte do Paraná.

Reunião discute novos projetos para o CISMEL

Na última sexta-feira(08), o Prefeito de Arapongas, Sergio Onofre, realizou uma reunião do gabinete de Gestão Integrada do Consórcio Intermunicipal de Segurança Pública e Cidadania de Londrina e Região(GGIR-CISMEL).

Na oportunidade, que contou com a presença de representantes e prefeitos das cidades que integram o CISMEL, foram discutidos a Integração do Cismel com o 2º Comando da PMPR, onde  a proposta é a integração dos órgãos e a criação de um centro de monitoramento integrado,  Transferência de Policiais Militares e operações nos Municípios. 

Durante a reunião os Prefeitos e representantes Municipais tiveram a oportunidade de debater os principais anseios a cerca da segurança dos seus municípios.

O Comandante do 2º Comando da Polícia Militar do PR,  Coronel Prates, pode prestar esclarecimentos quanto as operações e ações do órgão.

Segundo o prefeito Sergio Onofre, que também ocupa do cargo da presidência do CISMEL, desde o início do ano, reuniões como esta, são de grande vália para a segurança dos municípios." Reuniões produtivas, que trazem aproximação e integração entre os órgãos presentes, são de suma importância. Com isso, debatemos questões que vêm ao encontro das necessidades dos municípios que integram o CISMEL.", afirmou.

Participaram da reunião os prefeitos:  Marcelo Belinati (Londrina),  Dirceu Urbano (Jataizinho), Marcos Antonio Voltareli (Alvorada do Sul),   Roberto Siena ( Tamarana), João Coloniezi (Ibiporã), representantes de  Rolândia,     Marilândia do Sul,  Califórnia,  Cambé, além das autoridades militares: Coronel Lanes Randal Prates Marques(Comandante do 2º Comando da Polícia Militar do PR), Antonio Carlos Campos Junior (Ten. Cel. 2 CRPM), Ten. Cel QOPM Luiz Roberto Costa (18º BPM Cornélio Procópio), Ten. Cel QOPM Luiz Roberto Costa (18º BPM Cornélio Procópio), Ten. Cel QOPM Sandro Alverto Segóvia (5º BPM Londrina), Capitão Eno Boing(   6º CIPM Ivaiporã),  Ten. Cel. Antonio Carlos de Morais (2º BPM Jacarezinho), Ten. Cel. José Francisco Cardoso (10º BPM Apucarana ), Major José Carlos de Oliveira (15º BPM Rolândia ), Major Mario Celso Andrade (5º BPM Londrina),  Capitão Ugo Pinto Cavalcante ( 4º CIPM Londrina) e Capitão Ademar da Fonseca Jr (7º CIPM Arapongas ). 

Aberta a Casinha do Papai Noel

A prefeitura de Arapongas, através da Secretaria de Cultura, Lazer e Eventos, informa que a partir de hoje estará aberta para visitação a Casinha do Papai Noel, que foi montada no Coreto da Praça do Santuário Nossa Senhora Aparecida (Matriz).

SERVIÇO

Abertura da Casinha do Papai Noel

Data

11 a 22/12

Local

Praça da Matriz – Avenida Arapongas

Horário

19h30 às 21h30

População invade pedágio e deixa carros passarem de graça

Os pedágios são uma das maiores discussões entre o governo e o povo brasileiro. Além de todos impostos e tributos pagos anualmente, não só diretamente para os órgãos federais, mas também em tudo que é consumido, a população precisa pagar também para se locomover. A explicação dos governantes é de que o dinheiro cobrado serve para a manutenção das estradas e segurança dos motoristas. Mesmo assim, a população segue achando curioso ver tantos acidentes e estradas sem qualquer cuidado por todo o Brasil. Na cidade de Arapongas, no Paraná, os moradores se cansaram do abuso e decidiram agir. Até hoje, a gravação faz sucesso na internet e incentiva moradores de outras regiões a fazerem o mesmo. 

A primeira manifestação na cidade do Paraná aconteceu ainda em julho e em vídeo que é compartilhado na internet, mais de 1,4 milhões de pessoas já assistiram. Chamado de "Festa do Povo", moradores da região liberaram os pedágios para que os carros passassem de graça. No vídeo, narrado por um dos moradores, é mostrado o o apoio da população e, principalmente, dos condutores, sempre buzinando ao passar pela pedágio liberado. 

O homem que grava o que seria o início da manifestação chama a praça de "vergonha" e afirma que os moradores vão conseguir acabar com aquilo. Em setembro, a mesma manifestação voltou a acontecer, com a população conseguindo liberar o pedágio por cerca de 1h30. A tarifa cobraba no local era de R$ 8,20, sendo que o pedágio ficava entre as cidades de Arapongas e Rolândia. 

Os moradores das duas cidades pedidam isenção da tarifa para quem tivesse a placa da região. Não foi possível, mas na época, a empresa que cuida do trecho foi obrigada a reduzir em 79% o valor, passando a cobrar R$ 1,70. No entanto, ainda há um detalhe, o desconto é apenas para trabalhadores, estudantes e doentes que precisam circular entre as duas cidades. 

Mesmo assim, o vídeo é um exemplo de que se o povo se unir e parar de discutir por lados políticos, algo ainda pode ser feito para melhorar o Brasil. 

Fonte. folhamax

Page 1 of 3

Bem vindo ao Guia de Arapongas

O maior portal de notícias, negócios e informações de Arapongas e região.

 

Contatos

(43)9 9966 9988 Tim Whatsapp

This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Total de Visitas

008979208

Your IP: 54.198.134.127
2018-04-25 05:01

Visitantes On-Line

We have 39 guests and no members online

Template Settings

Theme Colors

Blue Red Green Oranges Pink

Layout

Wide Boxed Framed Rounded
Patterns for Layour: Boxed, Framed, Rounded
Top
CADASTRE SUA EMPRESA GRÁTIS NO PLANO BÁSICO. More details…